últimas notícias

Pai vem comigo ao Museu

No âmbito das suas iniciativas, o Serviço Educativo da Casa-Museu Frederico de Freitas apresenta até o dia 18 de março a iniciativa “Pai vem comigo ao Museu!”.
A atividade, destinada ao público infantil e disponível para qualquer escola interessada, tem como mote a coleção de canecas da Casa-Museu Frederico de Freitas, no Funchal. A exploração destas peças de cerâmica inclui a realização de uma ficha lúdico-pedagógica para melhor consolidar os conteúdos transmitidos. Em contexto de ateliê de expressão plástica os alunos realizam a prenda que irão oferecer ao Pai.

Esta visita temática funciona também como preparação prévia às crianças, para orientarem os pais num percurso pelo museu, no dia 19 de março, entre as 10h00 e as 17h30, com entradas gratuitas para as famílias dos alunos participantes.

Os Serviços de Educação e de Animação da Casa-Museu Frederico de Freitas são um sector crucial e interventivo, essencialmente vocacionado para responder às expectativas e solicitações do público local e da comunidade regional. Foram criados em setembro de 2001 e desde essa data funcionam a cargo de dois docentes, com formações distintas – Artes Plásticas e História – mas complementares, garantindo as vertentes teórica (percurso orientado) e prática (atividade de expressão plástica) das propostas apresentadas. É precisamente nesta dualidade e na formação pedagógica destes profissionais que assenta todo o trabalho desenvolvido em prol da Educação para a Arte e para a Cidadania.

O Serviço Educativo tem a responsabilidade de apresentar o Plano Anual de Atividades. Para a sua concretização prepara, planifica e realiza visitas temáticas, de curta e longa duração, assim como atividades complementares de carácter lúdico, de expressão escrita, plástica e dramática. Concebe e cria materiais didáticos, utilizados para estimular a curiosidade, incentivar a aprendizagem ou facilitar o entendimento. Promove ações e reuniões com professores, no intuito de sensibilizar para a importância, na educação, da cooperação entre as escolas e os museus. Organiza Ateliers de Tempos Livres adequados às diferentes épocas do ano (Natal, Páscoa, Verão) e vocacionados para públicos mais jovens ou grupos intergerações. Comparece em estabelecimentos de ensino, museus e outros organismos congéneres, apresentando comunicações no âmbito da temática O Museu e a Escola, promovendo a Casa-Museu, divulgando, lançando desafios para novas atividades e angariando novos públicos.

Acolhe ainda visitantes de todas as faixas etárias, a partir dos 3 anos, estabelecendo percursos de visitas especialmente vocacionadas para as diferentes idades ou para pessoas com necessidades especiais.

Sem comentários