últimas notícias

Bruno Freitas diz que Madeira e Canárias são a principal rota de Inverno



Porto do Funchal tem prohgranadas 56 escalas de navios de cruzeiro para este mês de Novembro. E, Dezembro, serão 45. Os números foram revelados pelo presidente da Administração de Portos da Região Autónoma da Madeira, Bruno Freitas. Disse que se estivermos a falar numa média de dois mil passageiros por navio, as cerca de 100 escalas representarão perto de 200 mil passageiros.

Segundo Bruno Freitas, isso significa a escolha da Madeira por parte das companhias, "numa aposta muito grande de mercados internacionais neste produto na Região, e a importância que o turismo de cruzeiros hoje em dia tem em termos de mundiais".
Os dados foram revelados, aliás, num dia em que os navios de cruzeiro trouxeram à capital mais de sete mil turistas.
Abordado a respeito do problema da sazonalidade no que concerne aos cruzeiros, Bruno Freitas adiantou que «qualquer destino de cruzeiros em termos mundiais sofre» com esta questão e lembrou que a Madeira e as Canárias, devido ao seu clima (que não se compara ao frio e ao gelo do Atlântico Norte) «são a principal rota de Inverno em termos europeus e, se calhar em termos mundiais, «temos grande movimento de passageiros».
Tal como explicou, no período de Verão, as companhias aproveitam mais para navegar noutros destinos, quer dentro da bacia do Mediterrâneo, quer no norte da Europa. «É óbvio que o nosso trabalho aqui é continuar a vender o destino Madeira e Canárias, juntamente com os outros portos portugueses, na criação de uma rota que possa ser uma rota de Verão. Mas estamos conscientes que as grandes procuras começam sempre a partir do mês de Setembro», frisou.

Sem comentários