últimas notícias

Pousada da Cidadela, em Cascais, abre em Fevereiro

O presidente da Câmara de Cascais, Carlos Carreiras, acaba de revelar que a pousada da Cidadela, do Grupo Pestana, deverá ser inaugurada em Fevereiro de 2012. As obras da unidade hoteleira, com 127 quartos, estão prontas e até ao final do ano devem ficar concluídas as restantes áreas de comércio e serviços e espaços públicos.


Recorde-se que a exploração do espaço - cedido por 70 anos ao município contra 2,8 milhões de euros para os ministérios das Finanças e da Defesa - foi concessionada ao grupo Pestana, que se propôs investir 20,5 milhões e pagará 285 mil euros por ano (mais dois por cento da facturação bruta).

Atente-se ainda que o espaço da Cidadela de Cascais contempla ainda outros projectos, contíguos à pousada, mas que estão fora do acordo do Grupo Pestana. Tratam-se do palácio afecto à Presidência da República, bem como a capela anexa, que já se encontram recuperados.

No caso concreto do palácio da Presidência, a sua reabilitalção teve por base um projecto do arquitecto Pedro Vaz. Podemos evidenciar que a empreitada de reabilitação do palácio orçou em 6,534 milhões de euros, dos quais três milhões resultam das contrapartidas anuais da zona de jogo da Costa do Estoril. O restante, inscrito no Plano de Investimento e Despesas de Desenvolvimento da Administração Central, foi repartido no Orçamento do Estado dos últimos quatro anos.

Sem comentários