últimas notícias

Vinho Madeira apoiado para promover

A Comissão Europeia (CE) decidiu ontem cofinanciar um programa de promoção de Vinho Madeira no Japão e na América do Norte com 381,5 mil euros, no âmbito de um programa que visa dar visibilidade a produtos agrícolas fora da União Europeia (UE).
O executivo comunitário anunciou que selecionou sete programas, entre os 24 submetidos à apreciação de Bruxelas, oriundos de Grécia, Itália, Polónia e Portugal, tendo o programa português eleito sido proposto pelo Instituto do Vinho, do Bordado e do Artesanato da Madeira (IVBAM).

O programa do IVBAM tem um orçamento total de 763 mil euros, contribuindo Bruxelas com metade desse montante, desenvolvendo-se a campanha de informação ao longo dos próximos três anos, com início em Abril de 2011.

Mercados-alvo em crescimento

Reagindo a este anúncio, o secretário regional do Ambiente e dos Recursos Naturais considerou esta aprovação “particularmente importante”, dado estarem em causa mercados que, sendo já relevantes ao nível do volume de negócio - anualmente, o norte-americano representa 900 mil euros e o japonês, 1,1 milhões de euros - «estão ambos em crecimento e podem valer muito mais».
Quando às acções a levar a efeito naqueles dois mercados, Manuel António adiantou que irão ser “o mais concretas possível, junto da população”.
Segundo o governante, “mais do que grandes feiras (...), vamos agir o mais próximo possível dos consumidores e dos que lhes estão próximos, prevendo-se inclusive acções junto de escolas hoteleiras, junto de jornalistas, junto de importadores, junto de comerciantes, precisamente para provocar o consumo, porque temos confiança de que o Vinho Madeira é um produto que uma vez experimentado, naturalmente, será cada vez mais consumido”.
Registe-se que ainda recentemente, no seguimento da estratégia de internacionalização e consolidação da marca Vinho Madeira, o IVBAM, em conjunto com as empresas produtoras, realizou mais uma ronda de provas dirigidas, precisamente, ao mercado japonês, em Tóquio e Osaka.

Sem comentários