últimas notícias

Trabalhadores da Groundforce agendam greve

Quatro sindicatos que representam os trabalhadores de terra da TAP entregaram um pré-aviso de greve para os dias 24 e 29 de dezembro, para “inverter” a tentativa de despedimento coletivo de Faro.


De acordo com o pré-aviso de greve, a paralisação decorrerá entre as 00:00 e as 24:00 do dia 23 de dezembro e entre as 21:00 e as 24:00 do dia 22 e as 00:00 e as 03:00 do dia 24, nestes dois últimos casos apenas para os trabalhadores que deviam entrar ou sair de serviço nestes períodos.
No dia 29 de dezembro, a greve decorrerá entre as 00:00 e as 24:00. A paralisação vai abranger também os períodos entre as 21:00 e as 24:00 do dia 28 e entre as 00:00 e as 03:00 do dia 30 para os trabalhadores que deviam entrar ou sair de serviço naqueles períodos.
Os sindicatos da Indústria Metalúrgica e Afins (SIMA), Nacional dos Trabalhadores da Aviação Civil (SINTAC), dos Trabalhadores da Aviação e Aeroportos (SITAVA) e dos Técnicos de Handling de Aeroportos (STHA) têm como objetivo “levar o conselho de administração da TAP/SPDH a alterar o seu comportamento anti-negocial, prepotente, arrogante, lesivo dos interesses dos trabalhadores”.
Com a entrega do pré-aviso de greve, as estruturas sindicais pretendem também “inverter a tentativa de despedimento coletivo dos trabalhadores em Faro”.
No pré-aviso de greve, os quatro sindicatos contestam “o ato de má gestão prefigurado na intenção de despedimento coletivo em Faro”, afirmando que “foram apresentadas propostas que, mantendo a escala em funcionamento” reduziriam os custos operacionais “em cerca de oito milhões de euros, tornando-a clara e inequivocamente viável”.

Sem comentários