últimas notícias

ACIF protesta contra Thomas Cook UK

Na sequência de uma reunião plenária de hotelaria ocorrida no passado dia 20 de Setembro, a ACIF - Câmara de Comércio e Indústria da Madeira informa, em comunciado, que enviou uma carta à empresa Algarve Tours – Agência de Viagens e Turismo Lda., representante da Thomas Cook UK na Região Autónoma da Madeira, “a manifestar, em nome das unidades hoteleiras que representa, a sua indignação face ao pedido de redução de 5% do volume de negócios produzido pela Thomas Cook UK entre Agosto e Setembro, formulado recentemente a diversas unidades hoteleiras”.

Assim, a ACIF destaca que, na referida carta, foram apresentados vários argumentos para recusar a proposta da Thomas Cook UK.
Deste modo, a Associação sublinha, nomeadamente, “a existência de uma acção pró-activa por parte da hotelaria da Madeira, através do lançamento de promoções ao longo da época, abaixo dos preços contratados como forma de motivar o incremento das vendas neste período”.
Realça também a ACIF o “incremento da taxa VAT durante o verão 2010, sem reflexos nos preços previamente acordados com o TO”.
Neste âmbito, a Associação Comercial e Industrial do Funchal acentua no comunicado enviado ao operador turístico, que a “posição da Thomas Cook consubstancia um eventual abuso de posição dominante”, acrescentando ainda a ACIF na carta que enviou ao operador turístico britânico que a mesma posição, transmitida às unidades hoteleiras da Região, “trata-se de uma acção compulsiva e tomada a posteriori, tendo como consequência a redução dos preços previamente acordados, já de si muito baixos”.
Refira-se que, tal como a carta da ACIF acentua, o operador turístico Thomas Cook é um dos que mais turistas britânicos canaliza para o destino Madeira.

Sem comentários