últimas notícias

Transporte para o rali Vinho Madeira ainda por resolver

A questão do transporte de veículos para o Rali Vinho Madeira continua a ser estudada. Questionado acerca desta matéria, Alberto João Jardim, presidente do Governo Regional, não se quis adiantar muito. Referiu não ser seu organizador, antes patrocinador. Contudo, diz que aproveitou o lançamento à água do novo navio da naviera Armas ontem em Vigo, Espanha, para conversar acerca desta matéria com Antonio Armas e com Luís Miguel Sousa. No entanto, sublinhou que estas coisas têm de ser programadas com tempo.

Pela parte de Antonio Armas, presidente da naviera Armas, que o ano passado fez a ligação, respondeu ao Jornal da Madeira que já dizem desde o ano passado não podiam combinar os horários com os do rali apesar de manifestar que estariam encantados de o fazer.

Explica que «para poder fazê-lo, teríamos de deixar o cliente que transportamos todo o ano. Além disso, há uma questão muito importante que reside no facto dos horários do nosso barco não coincidirem com os do Rali Vinho Madeira. Com o tráfego que temos agora não podemos deixar 600 ou 700 pessoas para sair num dia depois do previsto». Diz que se o fizesse, estariam a por em causa a imagem da naviera Armas, e depois surgeriam  as reclamações.

Neste âmbito, adiantou que atempadamente colocou o rali perante outras ofertas possíveis no sentido de poder ser encontrada uma alternativa.

Sem comentários