últimas notícias

James Morrison vence Open da Madeira

Madeira Islands Open


O inglês James Morrison conquistou ontem o 18.º Open da Madeira em golfe, ao completar as quatro voltas ao percurso do Porto Santo (72) com 268 pancadas (67+65+66+70), 20 abaixo do PAR, mas o jogador apenas confirmou o título no último buraco.


Na segunda posição, com mais um "shot", ficou o também inglês Oliver Fisher (67+72+65+65), enquanto no terceiro posto ficou o escocês George Murray, com 274 (66+67+68+73), ou seja, mais seis pancadas do que o vencedor.
Profissional desde 2006, James Morrison, de 25 anos, arrecadou um prémio de 116.660 euros e entrou para o clube dos campeões do European Tour, sucedendo o argentino Estanislao Goya, vencedor da última edição, também disputada no Porto Santo.
O único português a disputar a final, Filipe Lima, registou o pior resultado na prova, entregando um cartão de 77 pancadas, cinco acima do PAR, que o atirou para o 55.º lugar, com 288 "shots" (66+75+70+77), igualando o PAR no campo.
O Madeira Island Open BPI Portugal, prova do Circuito Europeu, organizado pela Sociedade de Desenvolvimento do Porto Santo e pela PGA, distribuiu 700 mil euros em prémios monetários, mais 200 mil do que em 2009.
O vencedor James Morrison confessou a sua admiração pela qualidade do campo no Porto Santo, elogiando a organização da PGA e da Sociedade de Desenvolvimento do Porto Santo, presidida por Francisco Taboada.
«Foram excelentes na organização do torneio e estou muito satisfeito pela vitória alcançada. Foi um jogo muito duro, mas consegui um bom resultado ante um bom jogo do Oliver Fisher. Acho este campo muito bonito, com alguns buracos espectaculares como o 14 e 15, e espero cá voltar em breve para poder jogar», destacou o vencedor.
«O maior cheque que recebi até hoje foi de 38.500 euros e como quero um novo carro, visto ter um Peugeot 206 posso então mudar para um carro melhor», referiu o jogador depois de receber um cheque de 116.660 euros.

Sem comentários