últimas notícias

APAVT: Miguel Fonseca quer aproximar


Miguel Fonseca & co

A Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo vai a votos. Ainda sem data marcada, tem na corrida para os novos órgãos directivos duas listas. Uma liderada pelo actual presidente, João Passos, que se candidata a um terceiro mandado, depois de mudados os estatutos, e uma encabeçada por um ilhéu dos Açores, Miguel Fonseca. Este último esteve ontem no Funchal a apresentar a sua lista e o conteúdo programático.

Sobressaem da lista dois nomes madeirenses: Christopher Blandy, para uma das vice-presidências da direcção e Eduardo Silva, para delegado na Madeira da APAVT. Do que foi dito ontem no Hotel Porto Mare há a vontade expressa de fazer um levantamento por todas as agências do país das suas realidades e desejos para, depois, os contemplar num programa a cumprir no mandato de dois anos que acreditam realizar depois de ganhar a corrida. Ontem mesmo, depois da apresentação à imprensa, teve um almoço de trabalho com representantes de agências de viagens madeirenses. Não obstante, Miguel Fonseca diz que a sua equipa já tem linhas de rumo no seu projecto de “Proximidade, inovação e futuro para a APAVT”.

No caso concreto da Madeira sublinha que pretende intensificar o âmbito do protocolo que a associação tem com a ACIF. A ideia é, como diz, cumprir o desejo da APAVT em estar mais perto dos seus associados. Neste âmbito, gostava que o número de sócios na região autónoma aumentasse dos 34 actuais, num universo potencial de 84 agências de viagens existentes. Uma questão similar ao resto do país onde, para um universo de 1.500 agências só 400 integram a APAVT.

Sem comentários