últimas notícias

Welsh considera que as agêngias têm de saber diferenciar

“Turismo: Vencer em concorrência” é o tema do 35º Congresso Nacional da Associação Portuguesa de Agências de Viagens e Turismo marcado para Vilamoura, no Algarve, entre 26 e 29 de Novembro deste ano.

João Welsh, delegado na Madeira da associação representativa das agências de viagens nacionais diz que o tema, tal como outros de congressos anteriores, procura encontrar caminhos para questões actuais. Neste caso concreto, vencer em concorrência, sublinha que se trata de procurar definições de espaços dentro das próprias agências de viagens, que, devido à evolução de todo o sector do Turismo, tiveram de se se adaptar e multiplicar o painel de serviços prestados através de diferentes segmentos de negócio.
O empresário madeirense acentua que, num ambiente cada vez mais concorrencial, importa perceber as valências de cada empresa no sentido de ir ao encontro dos desejos dos clientes. No fundo, sublinha, todos têm a ganhar com a percepção clara de como pode cada estrutura prestar um serviço diferenciador e com valor acrescentado.
Quanto ao congresso propriamente dito, podemos adiantar que, entre as confirmações de presenças temos já o recém-eleito secretário-geral da Organização Mundial do Turismo, Taleb Rifai, e do presidente do WTTC, Jean Claude Baumgarten.
Quanto à estrutura dos painéis de trabalho, sabe-se já que irão abranger a qualificação dos recursos humanos e do produto, a distribuição e as vendas.
A edição deste ano será mais curta que as anteriores, com apenas três dias de trabalhos (é suprimido o dia de visitas) e, para João Passos, presidente da associação, o facto de se realizar entre portas pretende que constitua um claro sinal de que “estamos, em sintonia com todo o sector, verdadeiramente determinados em contribuir para vencer estes desafios e regressar rapidamente ao crescimento que todos merecemos”.

Sem comentários