últimas notícias

Presidente do Governo diz que Madeira não pode prescindir de investimentos

Um dos espaços que acompanhou o desenvolvimento do hotel desde o início
O presidente do Governo Regional da Madeira pronunciou-se acerca do despedimento. Diz que não sabe como se irá processar porque sublinha que se trata de matéria que depende do acordo colectivo de trabalho e das leis de trabalho entre o empresário e os trabalhadores. Não obstante recorda que costuma dizer que toda a gente deve defender os seus direitos.

No entanto, reconhece que a obra tem de ser feita e que vai ser feito o investimento que “calha muito bem”. “Repare, uma das coisas que tem aguentado a Madeira – e a Madeira também está com muitas dificuldades – tem sido a grande quantidade de investimentos privados que têm sido feitos e que estão em execução. Um investimento daqueles a Madeira não pode estar a prescindir dos milhões de contos que vão ser postos em circulação com aquela obra. Não são brincadeiras.”

Sem comentários