últimas notícias

Porto Bay frequente na Sata

Após a assinatura do protocolo, que decorreu no hotel Porto Mare, no Funchal, António Trindade, presidente do grupo Porto Bay, realçou que este momento foi “o início de uma parceria com uma companhia de transporte aéreo insular e portuguesa que tão boa conta tem dado da sua percepção do que é servir Portugal e os destinos turísticos portugueses”.
Referiu que no momento em que “se assiste no mundo a uma progressiva desconsolidação de mercado dos pacotes turísticos e onde os clientes finais assumem um protagonismo cada vez mais importante, é fundamental o aparecimento de ambientes de entendimento entre os diversos prestadores de serviços, sejam transportadores, sejam hoteleiros ou detentores de outros serviços turísticos”.
António Trindade sublinhou ser a “fidelização” e “os valores acrescentados” na prestação de serviços aspectos fundamentais, que, disse, contribuem para “os sucessos das diferentes operações”.
Assim, após destacar que o grupo Porto Bay já possui um cartão de fidelização (Prestige), que atinge actualmente mais de 80 mil clientes, destacou a importância de associar esta fidelização ao cartão SATA Imagine, que conta já com mais de 57 mil membros.

O presidente do Grupo Porto Bay agradeceu ainda o que o Grupo SATA “tem feito numa lógica insular” e a “capacidade que tem demonstrado em se afirmar como operador no destino e para o destino”.
Por sua vez, o presidente do Grupo SATA, António Menezes, disse ser a parceria assinada com o Grupo Porto Bay “motivo de profunda satisfação”, destacando “a qualidade dos produtos” oferecidos por este.
Realçando serem os percursos dos dois grupos parecidos, António Menezes destacou que a SATA serve hoje cerca de 50 destinos em todo o Mundo. Assim, referiu que o protocolo ontem assinado com o Grupo Porto Bay vai permitir disponibilizar “produtos que vão acrescentar mais valor para os passageiros”, sublinhando que a SATA Internacional e a SATA Air Açores “têm procurado servir as regiões onde se encontram com uma companhia de destino que entende a necessidade de servir com uma lógica a médio e longo prazo”.

Sem comentários