últimas notícias

easyJet soluciona factura para o subsídio

A easyJet diz ter já a solução para as facturas que darão direito ao passageiro da linha Madeira-Lisboa receber o subsídio de mobilidade do Estado português, que é de 30 euros por trajecto, para valores que excedam os 30 euros (sem contar com as taxas).

Uma fonte da companhia britânica garantiu que, a partir de segunda-feira, vai estar disponível na sua página da internet um formulário que, depois de preenchido, permitirá que o passageiro receba em casa o comprovativo da viagem, com o qual poderá ir a qualquer estação dos Correios e levantar o valor.

A mesma fonte adianta que este processo não foi tratado em cima da hora, mas que resulta de um trabalho de há muito tempo, envolvendo a easyJet, os Correios e o Governo Regional da Madeira.

Quanto aos passageiros que já compraram as suas pssagens, irão receber um mail com todas as indicações necessárias para também receberem o referido comprovativo.

Não obstante, refere a fonte da easyJet, que nesta fase, será aconselhável que o passageiro solicite o comprovativo da viagem depois de a realizar. Isto porque, acentua, a intenção da transportadora será automatizar ainda mais o processo.

Mais adianta que está em estudo a utilização do português no call center da companhia.

Recorde-se que a easyJet tem o voo inaugural marcado para a próxima segunda-feira. Saí de Lisboa às 7.35 horas com um leque de convidados a bordo, entre os quais estarão a secretária regional do Turirsmo e Transportes, Conceição Estudante, e o secretário de Estado do Turismo, Bernardo Trindade.

Neste voo virá um grupo com cerca de 20 spotters (entusisastas de aviões, onde a maioria opta pela fotografia dos aparelhos), que fez, inclusivamente, um logotivo alusivo à primeira viagem. Virão todos vestidos com uma t-shirt alusiva ao tema. O grupo consta de vários spotters de Lisboa e entusiastas da aviação e foristas do Portugal Spotters.

A easyJet irá fazer duas viagens diárias entre Lisboa e a Madeira e outras duas no sentido inverso.

Os voos da Madeira estão marcados para as 9.45 horas e 18.15 horas, e os de Lisboa, às 7.35 horas e às 16 horas.

Depois de abrir a venda de lugares para esta linha, a easyJet acaba de atingir as 23 mil reservas, um número que culmina com a promoção que fez para os voos entre 1 de Janeiro e 28 de Março, com uma redução de 25% sobre todas as tarifas, independentemente do trajecto.

A easyJet, maior low cost a operar em Portugal, vendeu 13,25 milhões de lugares de avião no terceiro trimestre, mais 21,9% ou mais 2,38 milhões que em 2007, e registou uma subida da taxa de ocupação dos voos de aproximadamente 2,1%, para cerca de 89,2%.

Em Setembro, a venda de lugares cresceu 22,1%, o que equivale a mais 759,3 mil que em 2007, atingindo um total de 4,197 milhões.

4 comentários:

  1. Atenção! Hoje, dia 2008/12/04, continua tudo por solucionar no que diz respeito às facturas da easyJet. Com efeito, os CTT continuam a recusar quaisquer pagamentos do subsídio aos residentes na RAM, porque as facturas não são emitidas em conformidade por parte da easyJet. Muitos aguradam pelo Subsídio.

    ResponderEliminar
  2. Hoje, dia 15/12/08, os CTT continuam a recusar o pagamento do subsídio, haverá interesses ocultos, por parte da outra companhia aérea?

    ResponderEliminar
  3. Hoje dia 29/12/2008 continua a ser recusado o pagamento do subsídio alegando que estão a faltar dados vitais como: NIF da easyjet e n.º de factura. A mim parece que há interesses ocultos na situação em causa.

    ResponderEliminar
  4. Acrescento, hoje 31/12/2008, continua tudo na mesma. Realizei 5 viagens pela easyjet e até agora nada de subsídio.

    ResponderEliminar