últimas notícias

Sata reforça aposta na Madeira, com operação de Boston

O Grupo Sata está a promover a Madeira nos Estados Unidos da Américo através da Azores Express. A empresa do grupo Sata disponibiliza pacotes de avião e hotel dirigidos ao mercado norte-americano, nos dois voos semanais entre Boston, nos Estados Unidoa da América e a Madeira, com escala intermédia em Ponta Delgada, São Miguel, Açores.
A partir do Outono, segundo avança o Presstur, o operador turístico do grupo açoriano oferece propostas com tarifas desde 1.169 dólares. Propõe pacotes de seis noites que incluem alojamento e pequeno-almoço no Funchal, dando como opção seis unidades hoteleiras: os cinco estrelas CS Madeira, Cliff Bay, Tivoli Madeira e Madeira Regency Palace, e os quatro estrelas Alto Lido e Baía Azul. Neste pprograma, as crianças com menos de seis anos têm alojamento gratuito e pagam a tarifa aérea infantil.
O avião opera com classe executiva, sendo possível aos passageiros fazer o upgrade para o SATA Plus por um custo extra de “mais umas centenas de dólares em cada percurso”, acrescenta a nota.
Presentemente, a Sata tem duas ligações semanais entre a Madeira e São Miguel, com voos às terças e sextas-feira.
Em termos de horários das viagens para Boston, às terças-feira saem da Madeira num Airbus A320 da Sata Internacional pelas 14.30 horas. Chegam a São Miguel às 16.10 horas. O voo para Boston, feito num Airbus A310, está marcado para as 18.45 horas, sendo a hora local de chegada às 00.15 horas do dia seguinte.
Na sexta-feira, o horário entre a Madeira e São Miguel é mais cedo, pelas 6 horas, sendo a chegada a São Miguel às 7.10 horas locais. A partida para a cidade da costa este dos EUA é à mesma hora da terça.

O desejo de regressar

Para Armando Milheirão, do Consulado de Portugal em Boston, este tipo de ligações é importante. Diz que o emigrante tem sempre o desejo de regressar às suas origens.
No seu caso concreto, natural do continente, mas com ligações à Madeira, onde foi professor e casou com uma natural da ilha, não esconde que gosta de vir tanto ao continente como à região autónoma, o que aconteceu ainda recentemente.
Quanto ao potencial de Boston, diz que ali reside uma comunidade portuguesa na ordem dos 150 mil pessoas, a maioria com origem nos Açores. A força da Madeira aponta que está a cerca de uma hora de distância de automóvel, em New Bedford.
Em comum têm o mesmo aeroporto, pelo que esta operação pode incrementar o número de madeirenses a visitarem a sua terra natal.
Presentemente, segundo o quadro do consulado, a Azores Express é a única que está presente nas duas cidades, depois da TAP ter deixado.
A Azores Express opera voos entre os Estados Unidos e Portugal há mais de 20 anos.

Sem comentários