últimas notícias

Companhia espera aumentar turistas nacionais


A easyJet recorre ao INE para referir que dos 810 mil portugueses que gozam anualmente as suas férias no País, se estima que apenas 9% terá escolhido a Madeira como destino. Na realidade não é assim já que em 2007, o mercado nacional foi o primeiro em número de hóspedes para o destino, com cerca de 240 mil passageiros. Portanto, um pouco mais que cerca de 73 mil dessa estimativa.
Sobre os números referidos pela companhia, a easyJet prevê que esta percentagem aumente entre 15% a 20%, já no final deste ano.
A easyJet refere que, com estas novas frequências da companhia aérea britânica, a Madeira irá estabelecer-se, em definitivo, como um dos destinos europeus preferenciais para os denominados “city-breaks”, através das conexões europeias com que conta a companhia aérea.
Recorda que, tendo por base a experiência altamente positiva que tem vivido nos últimos 9 meses de operações na Madeira, de onde voa para Londres e Bristol, a easyJet pretende posicionar-se em definitivo como a companhia low cost de referência no Aeroporto da Madeira e alcançar a liderança neste aeroporto tal como conseguiu nos aeroportos de Portugal continental. Em Faro é líder absoluta e em Lisboa a easyJet é a segunda companhia aérea em números de passageiros transportados.

Sem comentários