últimas notícias

Até um dia Queen Elizabeth 2

O adeus ao Queen Elizabet 2
(fotos Paulo Camacho)
E como tudo na vida, há um princípio, um meio e um fim. Foi isso que aconteceu no dia 19 de Junho de 2008, quando o Queen Elizabeth 2 aportou ao Funchal pela última vez. Depois de inúmeras escalas, desde que foi lançado à água em 1961.
Nesta sequência de imagens procuramos fazer uma singela, mas sentida homenagem ao paquete da Cunard que deixará de navegar por mares já antes navegados para ficar, par sempre, amarrado a terra, como um animal que se quer solto, mas a desumanidade teima em tê-los presos.
Nesta imagem, vemos o QE2 chegar ao Funchal, vindo de leste, com um dia de sol magnífico a presentear a sua última passagem pela Madeira.

O navio chega
Vagarosamente, fez uma manobra de excelência para chegar ao porto pronto a ser rebocado para a cabeça do molhe. Haviam ido já ao seu encontro o piloto e os dois rebocadores.



Com um mar calmo, a manobra fez-se com tranquilidade.


Com o navio posicionado, iniciou-se a manobra para o atracar no molhe.



Com um dia que começou solarengo, houve períodos em que se registou algumas nuvens, mas sempre houve aberturas de sol como nesta ocasião em que o Queen Elizabeth 2 estava no seu lugar de sempre quando aportava à Madeira.




E eis que chegou a hora da partida. Máquinas a funcionar e tudo pronto para partir às 18 horas rumo a Canárias. Tal como na chegada, os dois rebocadores do Porto do Funchal auxiliaram a manobra.
A última saída



Vagarosamente, foi sempre puxado para o mar aberto...




... até que chegou a hora do adeus, com os rebocadores a lançarem jactos de água bonitos nas primeiras escalas mas que, nas partidas, tem semelhanças com lágrimas.



Aos poucos foi-se afastando. Sempre acompanhado de jactos de água e de poucas embarcações. O futebol da selecção portuguesa terá falado mais alto.



Por fim, lá longe o Queen Elizabeth 2 deixava para sempre a baía do Funchal. Um marco que se perde nas escalas à Madeira.

Sem comentários