últimas notícias

Passageiros da rede TAP aumentam para a Madeira

O número de passageiros nas rotas da Madeira atingiu os 900 mil em 2007 nos voos da TAP Portugal, revelou no Funchal Paula Canada, directora de vendas da transportadora para o nosso país. No jantar anual de distinção às agências de viagens e transitários que mais TAP venderam no ano anterior, que decorreu no dia 29 de Maio, a gestora complementou ainda aquele número com o facto de 34% dos passageiros terem tido origem nos mercados TAP do exterior.

Sintomático ainda é o facto deste valor percentual representar mais 7,3% do que no ano anterior. Em termos de produção, Paula Canada disse no restaurante “O Molhe”, perante largas dezenas de agentes de viagens e profissionais do sector da carga, que os principais mercados estrangeiros para a Madeira foram o Reino Unido e a Espanha. E que, em termos de crescimento, destacaram-se a França, com mais 16%, e a Holanda, com mais 21% do que no ano anterior.

Depois de enumerar alguns indicadores da companhia a nível nacional, a directora de vendas, que participou pela primeira vez no jantar Top TAP neste cargo, teve oportunidade de apresentar um novo projecto, a lançar muito brevemente. Trata-se de um projecto que visa marcar uma nova era na arte de viajar: os “Branded Products”, que não são um novo produto, mas antes um novo conceito de viajar e de vender.

"Liberdade de Escolha – Um Voo, Cinco Formas de Viajar", assim foi apresentada a nova proposta da companhia que se consubstanciam em cinco produtos diferentes, que apresentam as designações: tap - executive, tap - plus, tap -classic, tap - basic e tap - discount,

A aposta da TAP é forte no projecto ao ponto de Paula Canada acreditar que venha a tornar-se num motor de crescimento do negócio das viagens. «Foi com este objectivo que o desenhámos», sublinha.

Adiantou que o novo conceito será lançado já em Junho, em todos os mercados TAP. No entanto realça que será em Portugal que terá maior impacto.

Paralelamente, anunciou também o lançamento, já no mês de Julho, de um projecto no qual a companhia tem vindo a trabalhar desde o ano passado e que visa fidelizar o segmento “corporate” no nosso mercado.

Neste âmbito, frisou que em Portugal, a TAP quer tornar-se na companhia preferida dos “Business Travelers”. «É isto que faz sentido, é isto que acontece nos home markets da nossa concorrência. Não é por acaso que os dois projectos aparecem quase em simultâneo, eles de facto, cruzam-se em várias vertentes», concluiu.

Quanto aos prémios TAP, os Tops anuais da companhia, voltaram a ser distinguidas as mesmas três agências de viagens que ocupam esta posição desde (pelo menos) 2004. Assim, em primeiro lugar, ficou a Intertours, que se pode ver na imagem, em segundo, a Bravatour, e, em terceiro, a Top Atlântico Madeira.

Em relação à carga as empresas que mais espaço compraram nos porões dos aviões da TAP foram a Abreu Carga e a Intermadeira.

Sem comentários