últimas notícias

Madeira Specialist é estrela no Congresso

O projecto Madeira Specialist foi apresentado aos congressistas no 33º Congresso anual da APAVT. Pedro Moita, director-geral da APAVTForm, a empresa da Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo, com quem o Turismo da Madeira estabeleceu uma parceria para o projecto que arrancou, numa fase experimental nos postos turísticos da Madeira, focalizou este programa pelo seu carácter pioneiro. Um pioneirismo que vai proporcionar a agentes de viagens do continente terem uma formação específica, acerca de diversas itens, que compõem, na sua individualidade, o todo que é o destino Madeira.

Neste âmbito, referiu que, pese embora ainda esteja numa fase de arranque, o projecto, que assenta numa plataforma de e-learning, vai evoluir não só para mais agentes de viagens que ainda não estão inscritos no curso gratuito para os profissionais, como igualmente para será replicado para mercados importantes para a Madeira, como sejam os mercados alemão e britânico.

Ainda em relação ao Madeira Specialist, além de explicar, com imagens dinâmicas (tal está site do programa), o seu conteúdo, destacou a flexibilidade de o fazer, onde, inclusivamente, é permitido ao utilizador descarregar o som dos conteúdos para unidades como o MP3 ou iPod, no sentido de ouvir a matéria em qualquer lugar.
E, já ultrapassando o âmbito da Madeira, Pedro Moita revelou que o projecto será seguido no Algarve e em Macau, e possivelmente nos Açores.

No decorrer deste painel, direccionado à formação, peguemos nas palavras iniciais de Nuno Santos, do Turismo de Portugal, para dar conta do que já havíamos reparado na sala: a pouca adesão dos congressistas a este painel. Com a agravante de ser um painel que se reveste de grande actualidade para os agentes de viagens, que nesta onda de mudança carecem de formação. E podemos adiantar que, mesmo os que estavam na sala, ainda vimos um ou outro “mais concentrado” na sua cadeira, de olhos fechados, a “reflectir” sobre o que era explicado no palco.

No fundo, este quadro acabou por encontrar eco num agente de viagens presente na sala que reconheceria que existe ainda uma visão de uma boa parte dos profissionais do sector que já sabem tudo.

Sem comentários